Descobrindo o coração da medicina 🫀

Sad Season 1 GIF by New Amsterdam

O coração de um ser humano adulto distribui sangue para cerca de 75 trilhões de células. As únicas células do corpo humano que não recebem sangue são as células da córnea.

Vamos adentrar o universo da cardiologia, uma área vital que requer precisão e dedicação. Aqui, cada detalhe conta, cada decisão pode salvar uma vida.

O papel do cardiologista🫀

Este médico não só diagnostica e trata as patologias cardíacas, mas também aconselha sobre prevenção, cuidados e hábitos saudáveis para o coração. Além disso, é habilitado para realizar procedimentos cirúrgicos quando indicado.

O dia a dia dessa especialidade varia bastante. Pode-se passar do consultório, orientando sobre prevenção e saúde cardíaca, ao laboratório de cateterismo, realizando procedimentos de alta complexidade

É uma área dinâmica, resolutiva e extremamente gratificante.

A jornada de formação 📚

Após a conclusão da graduação de 6 anos em Medicina e mais 2 anos da residência em Clínica Médica, a residência em Cardiologia dura em média 2 anos e é intensa, abrangendo desde a fisiopatologia até a prática clínica e cirúrgica avançada.

A cardiologia é rica em subespecialidades, permitindo que o médico se aprofunde em áreas específicas, como:

  • Ecocardiografia: Avaliação detalhada da anatomia e função cardíaca via ultrassom;

  • Hemodinâmica e cardiologia intervencionista: Procedimentos invasivos para diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas, como o cateterismo e angioplastia;

  • Cardiologia pediátrica: Foco em doenças cardíacas em crianças, desde congênitas (por exemplo, Comunicação Interventricular e Comunicação Interatrial) até adquiridas (como a estenose mitral por conta de febre reumática);

  • Arritmologia: capazes de diagnosticar e tratar as mais diversas arritmias, sendo um mestre em detectar alterações minuciosas no eletrocardiograma.

→ Você sabia? Em 1901, o fisiologista holandês Willem Einthoven desenvolveu o primeiro eletrocardiograma (ECG), que registra a atividade elétrica do coração.

A subespecialização é um passo adicional para aqueles que desejam focar em uma área particular da cardiologia. Isso não só fortalece seu perfil profissional como também expande as opções de tratamento para seus pacientes.

O impacto da cardiologia 🌟

Escolher a cardiologia é optar por um campo de impacto direto na qualidade e expectativa de vida dos pacientes. É uma especialidade que exige atualização constante e uma mente aberta para novas terapias e tecnologias.

Para médicos e estudantes interessados nessa área desafiadora e recompensadora, a cardiologia é uma escolha promissora e repleta de oportunidades.

em uma escala de 0 a 10, qual é a probabilidade de você recomendar o amo medicina para um amigo ou colega?

seu feedback é muito importante para que possamos sempre melhorar nossos conteúdos.
1  |  2  |  3  |  4  |  5  |  6  |  7  |  8  |  9  |  10

Login or Subscribe to participate in polls.

Join the conversation

or to participate.