• amo medicina
  • Posts
  • Fellowship em medicina: você sabe como funciona?

Fellowship em medicina: você sabe como funciona?

Fellowship em medicina: você sabe como funciona?

carreira

Fellowship em medicina. Talvez você já tenha ouvido falar desse termo, mas será que realmente sabe o que ele significa? Ao longo desta news, vamos te mostrar como funciona o fellowship, para que você reflita se ele faz sentido para a sua carreira.

Como funciona o fellowship? 🔎

Fellowship é um estágio realizado por médicos que pretendem conhecer serviços de outros hospitais do Brasil e do mundo. Além de experiências que enriquecem o conhecimento técnico e científico, trata-se de uma oportunidade única de perceber como funciona a medicina em uma outra cultura, ampliar a rede de contatos e aperfeiçoar o inglês.

No entanto, nem todos os fellowships são iguais. Há alguns tipos que diferem não só no conteúdo programático, mas também nos processos seletivos. Vejamos alguns deles:

Clinical Fellow 🩺

O Clinical Fellow é o formato tradicional de fellowship, sendo também o mais concorrido entre os médicos. O que faz esse fellow tão interessante é a oportunidade de atuar nos serviços do estágio, ou seja, é um fellow “hands on”.

Por outro lado, os processos seletivos para participar de um Clinical Fellow em uma instituição de renome como, por exemplo, Harvard, são bastante complicados. No caso, se o médico quiser fazer esse tipo de fellow nos Estados Unidos, ele pode ter que ser aprovado nos conhecidos “steps”, que são os passos para a revalidação do diploma médico nos EUA.

Uma outra maneira de conseguir o Clinical Fellow é através de recomendações e parcerias entre a sua instituição de estudos e outros hospitais. Vale a pena verificar quais!

Research Fellow ⚗️

Para quem gosta da parte científica e de pesquisas, o Research Fellow, apesar de ser um estágio “hands off”, é uma mão na roda. Isso porque esse fellowship é bem menos concorrido que o Clinical Fellow e permite que o médico participe de pesquisas nos hospitais.

Além disso, o Research Fellow pode abrir excelentes portas para outros estágios ou até mesmo para participar de equipes de pesquisas ou trabalho dentro da medicina.

Observership 🕶️

É um tipo de estágio que pode ser feito até mesmo por estudantes da graduação de medicina que queiram conhecer um determinado serviço. Nesse caso, como o próprio nome diz, o estagiário somente observa a rotina e o trabalho dos profissionais do hospital.

Nesse contexto, para quem deseja entrar no processo de revalidação de diploma para o Canadá e os Estados Unidos, por exemplo, o Observership é uma opção interessante, uma vez que dá pontos extras para a aplicação aos serviços de residência em tais países.

Algo a ser pontuado é que a alguns dos fellowships feitos por médicos especialistas dão direito a bolsa durante a realização do estágio, enquanto boa parte dos observerships exige que o estagiário arque com os custos do aprendizado, o que varia de instituição para instituição.

Onde fazer fellowship 🌎

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o fellowship pode ser realizado não só no exterior como também no Brasil. Instituições como a Universidade de São Paulo (USP) oferecem esse estágio.

Contudo, para se candidatar a uma vaga no fellow da USP, é preciso ter feito uma residência médica com carga horária mínima de 2800 horas. Além disso, os programas dessa universidade têm duração de 1 ano e necessitam da dedicação do médico por 15 a 40 horas semanais. Entre os fellows ofertados na USP estão os de cirurgia plástica pediátrica, microcirurgia reconstrutiva e cirurgia do contorno corporal.

Fora do país, há faculdades de renome que recebem médicos estrangeiros em seus programas de fellowship. Algumas dessas universidades são:

O fellowship é para você? 🤔

Em primeiro lugar, para responder a essa pergunta é importante verificar seu nível de proficiência em inglês. Afinal, qualquer fellowship em medicina no exterior exigirá que você se comunique nesse idioma e, em alguns casos, você precisará ter aprovação em exames de proficiência como o TOEFL ou o IELTS.

Apesar disso, a experiência de um fellowship é única e pode ser algo extremamente edificante para o médico. Por isso, vale a pena considerar e analisar as possibilidades para, então, decidir se faz sentido para a sua carreira.

https://lp.euamomedicina.com/inscreva?utm_source=email&utm_medium=org%C3%A2nico&utm_campaign=imagem-post

Join the conversation

or to participate.