Ginástica para o cérebro 🧠

Ginástica para o cérebro 🧠

saúde mental

Quem vive a medicina precisa, desde o vestibular, ter o cérebro funcionando a todo o vapor. É tanta matéria para estudar, autocobrança, pressão externa…

Nesse contexto, não é raro deparar-se com colegas que, desde a faculdade de medicina, fazem uso de estimulantes do sistema nervoso central de forma “off label” para estudar “melhor”. Mas é aí que mora o perigo. O Venvanse®, queridinho de muitos estudantes de medicina, é uma anfetamina (similar àquelas produzidas pelo Walter White em Breaking Bad) que literalmente causa uma chuva de dopamina no cérebro. 

Isso é ótimo, dando sensação de energia e motivação para realizar as atividades, mas, quando passa, o rebote vem: desânimo, fadiga e desatenção - piorando uma situação que poderia ser resolvida sem ação farmacológica. Por isso: é preciso tomar cuidado, evitando “medicalizar a vida”.

No fim, a melhor ginástica para o seu cérebro é cuidar do seu sono, organizar sua rotina e entender que o caminho é percorrido um passo de cada vez, como uma maratona, não uma explosão de 100m. Pra entender os efeitos deletérios do uso, sem a devida indicação, de fármacos psicoestimulantes, recomendamos o filme “Sem Limites”, estrelado por Bradley Cooper.

Join the conversation

or to participate.